A Team oNe e a Uppercut venceram a Falkol e a KaBuM, respectivamente, neste sábado, ambas por 2 a 0, e avançaram às semifinais da Chave dos Perdedores na Superliga ABCDE de League of Legends. Os Golden Boys agora enfrentarão a Redemption, enquanto os Cangurus terão pela frente a INTZ.

A decisão da Chave dos Vencedores já está definida: a Prodigy (antes chamada de ProGaming) enfrentará a paiN Gaming por uma vaga na grande decisão da Superliga. Quem vencer lutará pelo título contra o campeão da Chave dos Perdedores no dia 14 de dezembro.

Tabela atualizada da Superliga ABCDE — Foto: Reprodução
Tabela atualizada da Superliga ABCDE — Foto: Reprodução

Team oNe 2×0 Falkol

Diante de um adversário completamente apático na primeira partida do dia, a Team oNe se valeu de uma estratégia clara voltada em torno do seu midlaner, o experiente Bruno “Brucer”, que deu muito certo. Com controle do mapa e bem direcionados nas lutas de grupo, os Golden Boys contaram com um um dano gigantesco da Cassiopeia do jogador para derrubar o Nexus aos 30 minutos. Nem Brucer, nem o caçador Wyllian “Asta”, com seu Olaf, morreram ao longo da partida, controlada do início ao fim.

A derrota no confronto anterior parece ter servido de lição para os Blues. A Falkol voltou totalmente diferente para o segundo jogo da série. Não permitiu que a Team oNe criasse vantagem nos minutos iniciais, buscou os próprios recursos e passou a dar as cartas dentro da partida. Após um roubo de Barão por parte de Thúlio “SirT”, a organização seguiu levando vantagem, mas com dificuldades para fechar o confronto. Após derrubar dois inibidores, os Blues vacilaram em uma luta de grupo, perderam todos os jogadores e viram os Golden Boys garantirem o Dragão Ancião, atravessarem o mapa e definirem uma grande virada em 41 minutos. Uma eliminação melancólica para a Falkol.

KaBuM 0x2 Uppercut

Após criar uma condição de vitória e embalar na partida, baseada em uma atuação quase perfeita de Matheus “Fitz” com a campeã Irelia e em um ótimo início do caçador Luís “Sting”, a Uppercut teve dificuldades de fechar o jogo. Melhor nas lutas de grupo e com controle do mapa, os Cangurus se mostraram reticentes em diversos momentos. A KaBuM se segurou como foi possível, adiou a queda do Nexus, mas não conseguiu evitar que Fitz, junto de Ruan “Anyyy” e seu Rumble, confirmassem o triunfo da organização, em quase 40 minutos de um confronto intenso. No total, foram 39 abates – uma média de quase um por minuto.

Para a segunda partida, a Uppercut optou pela entrada de William “Tyrin” na rota do topo. Os Cangurus seguiram abusando dos erros da KaBuM – incluindo uma invasão precipitada nos primeiros minutos, que acabou com fuga por parte dos Ninjas. Sting mais uma vez mostrou bom domínio inicial, com a campeã Qiyana, rotacionando o mapa e virando situações a favor da sua equipe. Em uma luta na rota do meio, Yuri “Yupps” conseguiu um Triple Kill – dando tempo e espaço para que o meio e o atirador de sua equipe, com Cassiopeia e Vayne, respectivamente, crescessem. Porém, em um vacilo justamente em luta de grupo, a KaBuM entregou o jogo e a vaga: a Uppercut levou três adversários na sequência e, pela rota do meio, acelerou dentro da base adversária, fechando a série.

Agências

Comentários do Facebook