PUBG, ou PlayerUnknown’s Battlegrounds, deu o pontapé inicial na moda de jogos de battle royale, acabando em segundo lugar por causa do sucesso estrondoso de Fortnite. Só que agora, surge a notícia que a versão mobile do game está indo muito bem, sendo o primeiro a faturar mais de US$ 1 bilhão (aproximadamente R$ 4,15 bilhões) em sua receita.

Segundo a empresa Sensor Tower, com dados publicados pelo site Games Industry, a parceria entre a desenvolvedora do jogo com a Tencent Games, que ajudou na adaptação do título para o mercado chinês, rendeu muito dinheiro, sendo boa parte dele vindo da China.

As mudanças vieram na mudança de nome do jogo, que passou a se chamar Game for Peace, e começou a passar propaganda do exército chinês. Essas medidas permitiram que a Tencent pudesse monetizar o jogo no país asiático, catapultando seu rendimento.

O crescimento na popularidade de PUBG Mobile chega no mesmo período em que o número de jogadores de Fortnite Mobile começa a cair, sendo que o battle royale da Epic registrou recentemente uma queda de 36% na sua receita adquirida pelo iOS.

PUBG Mobile apresentou um aumento de 165% em sua receita comparado com 2018, sendo instalado em mais de 400 milhões de dispositivos em todo o mundo. Segundo estatísticas do game, no mês passado, PUBG Mobile registrou mais de 45 milhões de novos jogadores.

Agências