O uso de transportes de espaço naves, seja para turismo ou missões científicas, tende a crescer. Ainda no ano passado, Elon Musk, CEO da SpaceX, falou a respeito do uso de foguetes para fazer viagens de um país a outro, diminuindo o tempo de viagem. E cada vez mais, segundo o portal Recode, a companhia do Sul-africano está cada vez mais confiante.

Durante a conferência do TED presidente e diretora de operações da SpaceX, Gwynne Shotwell, afirmou a tecnologia para o novo meio de transporte para viagens transcontinentais estará pronta e em funcionamento em “uma década”.

O veículo viajaria dando uma volta na terra num tempo recorde: de 30 a 40 minutos. Além do tempo, o foguete teria capacidade de levar cerca de 100 passageiros.

De acordo com a executiva, o custo da viagem seria baixo, algo entre o valor de uma viagem de avião na classe economia e na classe executiva. Pode parecer barato demais, especialmente levando em consideração toda a tecnologia embarcada, mas, de acordo com Shotwell, baixo custo se explica pela possibilidade de fazer uma mesma rota diversas vezes ao dia, enquanto um avião de longa distância costuma fazer apenas um voo em 24 horas.