Voltado para os gamers, a Claro apresentou nesta quarta-feira (14) um novo serviço para os amantes de games mobiles chamado de Claro Gaming. A plataforma apresentará uma série de serviços de conectividade que visam trazer melhor desempenho aos jogadores e fãs de e-Sports. A iniciativa é uma parceria entre a Claro e a BBL, holding voltada para o mundo dos e-Sports.

Entre os parceiros ainda estão Acer, PUBG, GamesClub, Ubisoft, Razer, No Ping, Nuuvem e Fallen Store. A ESL Brasil Premier League, competição que hospeda disputas de Counter-Strike, Paladins, Rocket League, Hearthstone e PUBG, também está envolvida no projeto.

“Além da conexão em alta velocidade, a plataforma oferece uma solução que reduz a latência durante os jogos, otimizando o tempo de resposta entre a máquina e o servidor do jogo, para uma melhor performance”, revelou a Claro por meio da sua assessoria de imprensa.

Durante o anúncio, a Claro ainda revelou, por meio de seus representantes, que a redução de latência será feita em parceira com a NoPing, empresa brasileira que encontra a melhor rota entre o usuário e o jogo (ou plataforma, como Twitch e YouTube).

This image has an empty alt attribute; its file name is claro-gaming-anuncio-adrenaline-1.jpg
A assinatura do Claro Gaming pela primeira vez traz também um “brinde” para o cliente. São várias opções, incluindo uma cópia de PUBG ou Rainbow Six e até um mês de Xbox Game Pass Ultimate.

O serviço ainda promete otimizar a conexão do console e do Wi-Fi dos usuários através da tecnologia de Mesh (ou WiFi 360º Plus). Para quem não está familiarizado com o termo, trata-se de vários pontos de rede espalhados pela casa que atuam como uma única rede, sem perder a conexão enquanto o usuário anda pelo local (além de oferecer sinal de 5.0 GHz, algo que outras empresas de internet fixa já oferecem no roteador e que provê uma conexão mais próxima da cabeada).

Segundo a Claro, ainda haverá suporte de “especialistas com vivência no universo gamer, com conhecimento técnico apurado e uma linguagem próxima, com menos script e mais objetividade”.

Todos os meses, os usuários ganham números da sorte para concorrer a promoções, como também resgatar um bônus especial. Esses números da sorte, chamados pela Claro de Lucky Numbers, são acumulativos. Os assinantes terão ainda descontos em periféricos, jogos, colecionáveis e skins especiais nos jogos disponíveis na plataforma. Assinantes também poderão comprar ingressos para campeonatos de e-sports antes do público geral.

Edit image
Márcio Carvalho e Tiago Leifert. Foto: Divulgação

“O Claro Gaming nasce como uma plataforma, concebida para continuar evoluindo permanentemente. Vamos agregar novos parceiros, novas tecnologias e novos serviços, buscando oferecer o próximo novo para esse público exigente e conectado, que só cresce no mundo todo”, comenta Márcio Carvalho, diretor de marketing da Claro.

O serviço custa R$ 40 ao mês e é cobrado como serviço de valor adicionado na fatura. Segundo Márcio Carvalho, a expectativa é que o produto atraia parte dos assinantes com planos mais rápidos de banda larga, acima de 100 Mbps. Mas ele garante que está disponível para todos os clientes de banda larga fixa da operadora, que passam de 9 milhões.

Agências/PCWorld