Com diversdas mudaças que o Youtube vem fazendo em suas políticas, muita gente tem se questionado os interesses por trás. Recentementea companhia anunciou novo termo de compromisso a respeito de canais pouco viáveis comercialmente, podendo encerrar suas atividades. A medida passa a valer em 10 de dezembro.

O trecho que gerou polêmica foi o seguinte: “O YouTube pode terminar o seu acesso, ou o acesso de sua conta no Google para todo ou parte do serviço caso o YouTube acredite, por sua própria discrição, que a oferta do serviço para você não é mais comercialmente viável”. 

E o trecho final que gerou ainda mais contestações é este:  “O YouTube não tem obrigação de hospedar ou veicular conteúdo.”

Muitas críticas surgiram da comunidade, que acredita que a plataforma deve priorizar a política de privacidade de conteúdo infantil e o respeito à liberdade de expressão sem controlar o material que é upado para a rede. 

Para tentar esclarecer, o Youtube ainda emitiu notas para auxiliar no entendimento das cláusulas. “Para esclarecer, essa seção não é sobre terminar uma conta porque não está gerando dinheiro”, disse um funcionário da companhia. “É sobre descontinuar certos recursos ou partes do serviço, por exemplo, ao remover recursos desatualizados ou pouco utilizados. Isso não impacta criadores ou espectadores de nenhuma maneira.”

Agências/vg247/VOXEL(AdréLuis)