Foto: Getty Images / Frazer Harrison

De acordo com matéria publicada no portal  CBM, Stan Lee, principal nome por trás dos heróis da Marvel, recebeu denúncias anônimas de “má conduta” por enfermeiras que trabalharam em sua casa, na cidade Los Angeles. Uma companhia de enfermagem interrompeu os serviços após denúncias de assédio em 2016, como, de acordo com a reportagem, andar pelado, pedir sexo oral e “apalpar” as jovens enfermeiras que trabalhavam em sua casa.

Nenhuma queixa ou processo foi iniciado contra o icônico nome dos Quadrinhos e Cultura Pop. O advogado de Lee nega as acusações e diz que o quadrinista é vítima de “falsas e desprezíveis” acusações, além de ser vítima de extorsão. O advogado ainda encerra a declaração dizendo que “o Sr. Lee não será chantageado e não pagará para ninguém pois ele não fez nada de errado”.

A atual empresa que é responsável pelos cuidados com Stan Lee aponta que o autor é “educado, bondoso e respeitoso”.

Agências/CBM/Omelete


Comentar via Facebbok

comentários