A Samsung anunciou hoje os novos smartphones Galaxy A8 e Galaxy A8+ (ou A8 Plus), dispositivos intermediários premium que sucedem os Galaxy A7 e A7+ de 2017. Os novos aparelhos trazem algumas características dos tops de linha da Samsung, como a tela com cantos arredondados cobrindo a maior parte da frente do aparelho, para dispositivos mais acessíveis.

Os dois aparelhos têm processadores octa-core de modelo não especificado (com dois núcleos de 2.2 GHz e seis de 1.6 GHz) e a mesma configuração de câmeras. Na traseira, há um sensor de 16 MP com abertura f/1.7, que deve garantir boa performance em condições de pouca luz. Na frente porém, há dois sensores: um de 16 MP e outro de 8 MP, ambos com abertura f/1.9.

Com esses dois sensores, será possível tirar selfies com o efeito de fundo borrado usando o recurso Live Focus – que a empresa apresentou pela primeira vez no Galaxy Note 8. No entanto, o Note 8 tinha dois sensores na traseira, enquanto que o A8 e o A8+ têm dois sensores na frente. O sensor biométrico do dispositivo fica na traseira, embaixo da câmera – a mesma posição que ele deve ocupar no Galaxy S9.

É pouco provável que um dos sensores frontais do A8 seja com uma lente teleobjetiva, como no top de linha da empresa; o mais provável é que uma delas seja uma lente grande-angular como no LG G6. A Samsung afirma que os dispositivos têm uma tecnologia chamada “video digital image stabilization” para estabilizar fotos e vídeos tiradas com o aparelho, que segundo o SlashGear é uma tecnologia de estabilização eletrônica de imagem.

Reprodução

Diferenças

Tirando essas características, que são comuns aos dois aparelhos, há também diferenças entre os dois. Mais notavelmente, o tamanho: O Galaxy A8 tem uma tela de 5,6 polegadas, enquanto que a do A8+ mede 6 polegadas. Ambos têm resolução Full HD + (1080 por 2220 pixels), uma versão “esticada” da resolução Full HD para ocupar a proporção 18,5 por 9, assim como nos Galaxy S8, S8+ e Note 8.

Fora isso, o Galaxy A8 tem 4 GB de RAM, e estará disponível em opções com 32 GB ou 64 GB de armazenamento. O Galaxy A8+, por sua vez, terá duas opções de memória: uma com 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, e outra com 6 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. Ainda não há informações sobre quais delas chegarão ao Brasil. O Galaxy A8 tem bateria de 3.000 mAh, enquanto o A8+ tem uma bateria de 3.500 mAh. Segundo a empresa, eles deverão ser lançados em janeiro de 2018.

De acordo com o SlashGear, o aparelho pode ser uma opção interessante para quem se interessou pelos recursos do Galaxy S8 mas está em busca de um aparelho mais acessível. O site considera que como o Galaxy S9 também deve ter apenas uma câmera na parte traseira, a diferença de recursos entre ele, o A8 e o A8+ deve ser pequena.

 

 

Agências/OlharDigital


Comentar via Facebbok

comentários