O autor Nobuhiro Watsuki, criador do anime e manga”Rurouni Kenshin”, popularmente conhecido como Samurai X, foi preso  nesta segunda-feira (21) segundo uma notificação publicada pela Polícia Metropolitana de Tóquio.

Segundo reportagens japonesas, as autoridades nipônicas encontraram DVDs com vídeos de meninas nuas, de menos de 15 anos, no escritório e na casa do artista, que ficam na cidade de Tóquio. As investigações revelam que Watsuki comprava os conteúdos de pedofilia. Segundo o comunicado, o próprio artista confirmou para autoridades: “Eu gosto de garotas do fim do primário até o segundo ano do ginásio”.

Caso condenado, Nobuhiro Watsuki pode pegar a um ano de prisão e uma multa de 1 milhão de ienes (aproximadamente R$ 29 mil).

Samurai  X

O Mangá foi lançado pela Weekly Shonen Jump em 1994 e recebeu uma adaptação para anime de 95 episódios em 1996. No Brasil, Rede Globo, Cartoon Network e Animax transmitiram o anime. Em 2016, a franquia ainda teve um spin-off que contava com dois capítulos.

Agências/IGN/ComicBook.com/G1


Comentar via Facebbok

comentários