Punk foi o grande campeão da primeira Eleague de Street Fighter

Nesta sexta-feira (26), o estadunidense consagrou-se campeão da primeira Eleague da modalidade, que contou com os maiores nomes do competitivo do jogo da Capcom. Com apenas 18 anos, o novato Victor “Punk” Woodley começou com pé direito sua carreira de jogador profissional de Street Fighter.

Passando em primeiro lugar nas preliminatórias do torneio no Grupo A, Punk conseguiu uma vaga direta para as semifinais do grupo. Na ocasião, eliminou o brasileiro Thomas “Brolynho” Proença para, em seguida, terminar novamente em primeiro do grupo eliminando o estadunidense Bryant “Smug” Huggins.

Chegando aos playoffs, o jogador mostrou maestria com sua Karin , vencendo o também estadunidense Eduardo “PR Balrog” Perez e avançando na competição. No entanto, na disputa seguinte, caiu para o Necalli de Arman “Phenom” Hanjani e teve que fazer seu caminho de volta à grande final pela Loser’s Bracket.

Em sua última chance para chegar à final, Punk enfrentou o japonês Ai “Fuudo”Keita, conhecido por sua R-Mika e ter sido vice-campeão da EVO 2016. Porém, o veterano não foi páreo para o novato, que venceu a Melhor de 5 por 3 a 2 e garantiu sua revanche contra Phenom.

Utilizando um formato diferente do que o normalmente visto em campeonatos de jogos de luta, a Eleague determinou que a grade final seria disputada em um Melhor de 7, com o jogador da Winner’s Bracket (Phenom) começando com um ponto extra. Mesmo com a vantagem, o Necalli de Phenom não conseguiu repetir seu feito e acabou caindo aos pés de Punk, que venceu o confronto por 4 a 2.

Com a vitória, Punk embolsou US$ 150 mil, além de mais um troféu para sua coleção que já inclui vitórias na DreamHack Austin e NorCal Regionals, ambos torneios realizados este ano.

 

 

 

 

Agências/Via ESPN


Comentar via Facebbok

comentários