Foto: vendermeucelular

O ano passado não foi bom para o mercado brasileiro de smartphones. O cenário já começou a mudar esse ano. De acordo com dados da consultoria IDC divulgados nesta terça-feira (6), entre Janeiro e Março, o mercado nacional de celulares teve um crescimento de 25,4% em comparação ao mesmo período de 2016. Durante o período, 12,4 milhões de celulares foram vendidos, fazendo o setor ficar animado com os números. O pior momento do mercado de celulares no Brasil, vivido no início de 2016, foi superado e, dos últimos dez meses, em nove houve aumento de vendas”, afirma Leonardo Munin, analista de pesquisas da IDC.

A estabilização do dólar,  o resgate de contas inativas do FGTS e o lançamento de novos dispositivos contribuíram para o aumento nas procuras por novos smartphones.

“Devemos ter 47 milhões de smartphones vendidos e 4,2 milhões de feature phones até o fim de 2017. As fabricantes estão com estratégias bem competitivas, o que fomenta as vendas. Além disso, temos uma base de 121 milhões de smartphones no Brasil e o número de aparelhos antigos é grande. Isso pode fazer com que os usuários busquem modelos mais novos e, consequentemente, impulsione as vendas”, aponta Munin.

Agências


Comentar via Facebbok

comentários